Contos afro-brasileiros de Mestre Didi: ensinando história e cultura

Antônio Marcos dos Santos Cajé

Resumo


Neste artigo utilizo a sabedoria ancestral dos contos populares afro-brasileiros para nos indicar uma cosmovisão da cultura afrodescendente, buscando relacionar a história e a literatura como dois elementos constitutivos, nos quais se integram conhecimentos científicos e conhecimentos orgânicos e, nesse sentido, poderá ocorrer o desenvolvimento de práticas resultantes da junção de dois polos de conhecimentos distintos: a história e a literatura, onde contextos empíricos e conhecimentos sistematizados se fundiram no fazer epistemológico e se puseram em disponibilidade a serviço da cultura. O resultado que se espera, revela-se na necessidade do resgate constitutivo dos contos na cultura de uma axiologia dos costumes, hábitos e tradição do povo negro. Portanto este trabalho busca fomentar as possibilidades existentes nos contos pelo prisma da história dentro dos caminhos da educação, possibilitando fortalecer a lei 10.639/03 e da lei 11.645/08.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


****************************************************************************************************************************************************************************************************************************************************************************************

Próximo dossiê

História Militar, Historiografia e Caminhos de Pesquisa

Email para envio de propostas:

vpduespi@gmail.com

Prazo limite para envio:

25 de outubro de 2019

Normas de Publicação


Indexadores: